sábado, 3 de dezembro de 2011

Quando Amanhecer


Quando amanhecer...
me vestirei de esperança
e trarei nos olhos o brilho 
e a lembrança dos momentos
em que fostes meu,
e que vivestes em mim.
Quando amanhecer...
enfeitarei meu dia
como quem busca a alegria,
em cada pedaço  da vida,
em que eu possa encontrar você.
Quando amanhecer,
abrirei as janelas,
deixarei o sol entrar,
tomar meu corpo como seu,
me aquecer...me envolver.
Quando amanhecer
sentirei teus lábios nos meus
ouvirei teus sussurros,
te entregarei meus anseios
meus desejo
minha paixão.
Quando amanhecer
estarei sentada
a soleira desta porta
esperando você
meu bem querer...quando amanhecer.
Marcia Morais








9 comentários:

Vivian disse...

bjs, alma de poesia!

bom domingo, feia!!!

rsrs

Pelos caminhos da vida. disse...

A cada amanhecer uma nova esperança.

Bom dia maninha.

beijooo.

Pelos caminhos da vida. disse...

A cada amanhecer uma nova esperança.

Bom dia maninha.

beijooo.

Pelos caminhos da vida. disse...

A cada amanhecer uma nova esperança.

Bom dia maninha.

beijooo.

Ma Ferreira disse...

Oi Mazinha..aqui tudo lindo..seu poema..teu blog..teu rostinho...


Parabéns de novo pelo seu aniver viu????

Beijo e semana de paz!!

Joop Zand disse...

Wonderful poema and nice images.

warm greetings, Joop

R. R. Barcellos disse...

Desperto. E quando te vejo
Junto à janela, desejo
Beijar-te sem mais tardar
Mas logo o sol te ilumina
E o ciúme me domina
Quando o vejo te beijar.

Mas então vens sorridente
Dar-me um beijo tão quente
Que começo a desconfiar
Que o sol vem de fininho
Toda manhã, bem cedinho
Para teu calor roubar.

Beijos, musa...

Desnuda disse...

Querida amiga,


Romantismo em alta! Adoro!


Beijos com carinho, Marcinha

Mylla Galvão disse...

O nome desse poema bem que poderia ser ESPERANÇA...

MUI BELO AMIGA!

BJOS