quarta-feira, 20 de março de 2013

São Solitários



São solitários
os momentos em que a alma
busca em silêncio
a sua libertação.
São solitários pensamentos
que vagueiam na amplidão
dos momentos
dos que lá não mais estão.
São solitários os  versos
que nas sombras
de pinceis
tintas, óleos e painéis
revelam a atmosfera
que envolvem dois mundos
em um único céu.
São solitários
os caminhos que buscamos,
mesmo que algumas almas encontramos,
parece sempre estarmos sós,
em alguns traços parecemos distantes.
Marcia M.

6 comentários:

Mariseven Zanon disse...

Que complementação um do outro maravilhosa! Isso que me deixa feliz, essa parceria entre a linguagem da poesia e da arte.
Lindo Marcinha!!!

Élys disse...

Uma bela complementação, onde o pensamento solitário busca a liberdade de expressão.
Beijos.

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Marcia.
Belo poema, amiga.
O silêncio é o som que precisamos ouvir para podermos nos encontrar conosco e descobrirmos quem somos na realidade!
Beijos na alma e parabéns pelo DIA DO BLOGUEIRO!

lis disse...

Oi Márcia
A solidão não deve ser prolongada ,apenas o tempo necessário para sentirmos o silêncio.
lindo poema
deixo abraços

Edna Lima disse...

Linda poesia .
Até a solidão inspira.
Beijos. Edna

Severa Cabral(escritora) disse...

Folhas de Outono está aqui,para ler mais uma postagem que escreves com maestria e aproveito para parabenizar o dia do Blogueiro,então nada mais justo do que vir até aqui para parabenizá-los.
Que continuemos, por muitos e muitos anos,
colaborando com uma Blogosfera ética,
sem plágio e unida.
Um viva pra você e um viva pra todos nós !!!!