segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Toque


Toquei teu coração
em um momento de profunda solidão,
enchi teu peito de alegria
encantei os teus dias,trouxe as mais fortes emoções.
Em silencio sofri...chorei...desisti...recomecei
sonhei,sonhei,amei,amei.
Mudei tua vida e em contra partida mudaste a minha,
foi fogo e paixão
fomos do céu ao chão.
Intenso, ilusório,
e eternos momentos de reflexão.
Toquei teu corpo
sacudi teus pensamentos
atormentei  teu sonhos
te fiz escravo dos meus desejos.
Então toquei a tua alma
tirei a tua paz
fiz em ti morada, me eternizei
em cada suspiro
fui  amor amigo.
Desfiz todos os toques,
deixei te livre
vaguei por mim mesma
encontrei-me no fim 
de todos teus  toques.

Marcia M.

6 comentários:

Eloah disse...

Perfeito!!! Amor , paixão e amizade, mistura de sentimentos neste desaguar constante da vida.Amei!
Bjs linda poetisa. Eloah

luís rodrigues coelho Coelho disse...

boa poesia

manuel marques Arroz disse...

"Ao toque do amor,todo homem se torna um poeta."

Beijo meu.

ॐ Shirley ॐ disse...

Tudo tem começo, meio e fim. Ah! amiga, até o amor... Agradeço as palavras carinhosas no meu blog. Beijo no coração, Márcia!

MARILENE disse...

Toques de sensibilidade que vão do corpo à alma, em sintonia. Muito belo, Márcia! Bjs.

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, amiga. Toques tão mesclados, tão fundidos, tão intensos, que acabamos por pensar que todos os toques são um ao mesmo tempo.
No final, acabou se encontrando no fim desses toques.
Marca sua é a sensibilidade, da qual não tem de fugir nunca, não importando o seu estado de espírito.
Beijos na alma e fique na paz!