quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Cada um sabe.


Cada um sabe ,
das suas dores e angustias
das doses de agonias que invadem os seus dias.
Cada um sabe o que vai por dentro
o porque da melancolia e do desalento.
cada um sabe do desamor,do  descaso
da ausência que um abraço pode trazer.
Cada um sabe do seu viver,
das alegrias que  brilham no olhar
do sorriso que marca o rosto,
do gosto dos lábios que  se beijam na ansia de amar.
Cada um sabe o caminho que segue
os amigos que tem
e os inimigos que o perseguem.
Cada um sabe,cada um  tenta
a sua maneira demostrar o que sente
as vezes ausente outras pertinente no falar.
Cada um sabe...então para que julgar?
Cada um sabe a dor de amar.
Marcia M.


17 comentários:

Élys disse...

É uma verdade. Cada um sabe oque lhe vai na alma.
Beijos.

Toninho disse...

E eu sei da sua poesia, da sua raça, da sua garra em viver sem medo de ser feliz.
Linda inspiração cheia de sabedoria e reflexão de verdades.
Aplausos Marcinha.
Carinhoso abraço de paz e luz amiga.
Bjo.

Vivian disse...

...muahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh

neste lindo, doce, meigo,
poético e amigo coração!

Joop Zand disse...

It's a lovely post....... nice done Marcia

Kisses, Joop

Zélia Cunha disse...

Olá Marcinha!

Lindo teu post, cada um sabe a extensão de sua dor.
Amei tua visita!
Grande beijo, amiga!

Severa Cabral(escritora) disse...

Boa noite amiga !!!!
Prazer poder levantar palavras que forma mais um poema que expressas as dores e angustias...assim é a vida,cheia de surpresas...
bjs de boa noite !!!!!

Cristal de uma mulher disse...

Minha amiga cada dia teus versos ficam mais picantes com calor e muito bem feitos..
Miga tenho demorado a visitar os meus mais queridos amigos pela enfermidade de minha mãe ..mais tenha sempre em mim o carinho e o aconchego.

Luz querida e beijo no coração

R. R. Barcellos disse...

Cada um tem o seu onde,
O seu como e seu porquê;
Cada um toca seu bonde
Cada um tem seu apê;
Cada um sabe seu quando,
Mas eu sigo perguntando
Quem é o "quem" de você...


Beijos.

Eloah disse...

Cada um sabe e é isto que nos faz diferentes e iguais ao mesmo tempo, com dores, amores, paz e aflição.
Linda poesia! Amei!.Bjs Eloah

ValeriaC disse...

É verdade minha querida...não deveríamos julgar nunca...porque só cada um sabe o que realmente vive...
Saudades de ti...estou voltando bem de leve pro blogs...bom final de semana amiga, beijos
Valéria

vieira calado disse...

Minha 2ª visita, creio.
Deixo
saudações poéticas!

Patrícia Pinna disse...

Boa noite, amiga. Agora estou com o HD. Aleluia! Voltando aos poucos porque eu estou estudando e um pouco sem ânimo.
Quanto ao seu poema, simplesmente maravilhoso, espetacular!
Cada um sabe de si, não adiantando outra alma tentar dar as razões, os motivos pelos quais devemos seguir.
Tenho um orgulho IMENSO de você.
Com calma eu volto e leio tudo.
Parabéns pelo blog.
Beijo grande.

Everson Russo disse...

Cada pessoa carrega em si seus sentimentos mais puros e suas dores mais frequentes,,,beijos de bom sábado pra ti querida.

Anônimo disse...

Esta é a minha visita, pela primeira vez aqui. Eu encontrei tantas coisas interessantes no seu blog especialmente a discussão sua. Do toneladas de comentários em seus artigos, eu acho que não sou o único a ter todo o prazer aqui! manter o bom trabalho.

SANTA CRUZ DIÁCONO GOMES disse...

Marcia: lindissimo o teu poema adorei.
Beijos
Santa Cruz

Lu Nogfer disse...

"Cada um sabe...então para que julgar?"
A sua postagem bateu com a minha!
Lindo!Adorei!

Beijos!

MARILENE disse...

Não se mede ou pesa sentimentos. Só quem abraça a dor, em determinados momentos, conhece sua dimensão. Ela é pessoal e a ninguém cabe julgar aquele que sofre. Bjs.