terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Então, Voa!


Então, Voa !

Se tiram a terra sob os teus pés,
na tentativa da tua queda,
se colocam a pedra,
na intenção de que tropeces,
se abrem valas no teu caminho,
cavam buracos
e
apagam as luzes...
Voa ! 
Simplesmente, voa, coração !
Por mais que as trevas te atormentem,
o Poeta é capaz de enxergar, na escuridão ...

© Mellíss 
12/02/06


4 comentários:

Natália Campos disse...

Que lindo, minha querida. De fato, o poeta consegue enxergar na escuridão. É ver além do que se vê, além do horizonte, além e mais além!

Lindo lindo! Amei. Beijos :)

Élys disse...

Sempre é possível voar para não cair.
Linda a poesia.
Beijos

R. R. Barcellos disse...

O maior poeta que o mundo já conheceu era cego.
Seu nome: Homero.
Lindo poema da Mellíss.
Beijos às duas.

Eloah disse...

Querida Marcinha, que lindo poema da Mellís.É... sempre existe o recurso de dar asas a imaginação e dar grandes voos.Belo post querida.Parabéns.tenhas uma semana abençoada e feliz.Bjs Eloah