domingo, 15 de janeiro de 2012

Simplicidade



Na simplicidade do amor,
esta a paz,na simplicidade da amizade esta o conforto,
na sinceridade do coração que pede perdão,
a uma vida se moldando para fazer e ser,
mais feliz.
Na confissão de que somos irmãos acima de tudo
e que um sem o outro nada é,
vamos encontrando o verdadeiro significado da vida.

Sou um barro....que varias vezes sou quebrado
e ao oleiro sou levado,ele faz de mim o que bem quer.

Quero ser cheia da simplicidade do amor...
que ama sem rancor,
da amizade,que se perpetua além da dor.

Cheia de vida,como uma relva em flor.

Marcia Morais




Adoro as coisas simples.
Elas são o último refúgio
de um espírito complexo.






6 comentários:

Luciana Klopper disse...

como sempre suas postagens, lindas e apaixonantes, estamos juntas de novo por aqui!

R. R. Barcellos disse...

Beleza, teu nome é Simplicidade!
E se podemos simplificar...
...deixemos o complicar para os encriptadores de códigos.
Beijos.

ValeriaC disse...

Lindo seu poema querida, também amo a simplicidade da vida, a sublimidade do amor...
Beijinhos e feliz semana
Valéria

Vivian disse...

Olá,Marcinha!!!

E é esta simplicidade que buscamos!!!!Sempre!!!
Uma poesia maravilhosa querida!!!
Adorei a imagem também!!!
beijos pra ti!!!!
Tudo de bom!

*Que mar lindo o seu!!!!!

Eloah disse...

A verdadeira beleza é encontrada na pureza da simplicidade.Você linda amiga do Mar , já trazes a simplicidades no olhar e a pureza no coração.Seja feliz sempre.Bjs Eloah

Dj Ricardo coração de Leão disse...

Muito bom o seu blogue em gostei.