terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Transformações da Vida




A cada transformação,
perco um pouco do que fui...
vou surgindo,em mim mesma a cada dia,
não sei se para melhor,
talvez ,seja o destino,talvez seja
a vida me ensinando a viver.
A cada passo que recuo,vou entendendo,
que no fundo não estou segura do caminho,
apenas tento não me ferir entre espinhos.
A cada manhã ,eu me deixo iludir...so um pouquinho,
na tentativa,de não perder de vez,aquela menina
que um dia brotou em mim.

Marcia Morais

18 comentários:

ValeriaC disse...

Lindo, sincero...
Não temos como fugir das transformações da vida, não é Marcinha? Mas sempre podemos trazer a menina que sempre fomos, seja no tempo que for...
Beijinhos...
Valéria

Eloah disse...

Querida, as transformações são resultado do aprendizado com a vida.Não te preocupes, a linda menina que existe em você jamais te abandonará.Faz parte de você.Não abandone a esperança, ela embeleza e alimenta a vida.
Bjs no coração Eloah

Sonhadora disse...

Minha querida

A vida vai passando e ficam sempre sonhos por viver...emoções por sentir.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Bem intenso esse pensamento Marcia!

Adoro o jeito como vc escreve, muito intenso!

Bj

wcastanheira disse...

Uuau lindo poema, um texto gostoso de ler e tentar interpretar, um mimo de conteúdo, gostoso de ir lendo e sentindo cada frase, um final realmente instigante, belo, vc é um showww, pra vc poetiza bjos, bjos e bjosssssssssss

**♥✿Franciete-✿♥** disse...

Oi Marcinha, acho que todos nos deveríamos de ser sinceros e dizer só o que nos vai na alma, mas para que declama lindas poesias como as tuas não tem muito que dizer, gosto de vir aqui ver teu mar e tuas fotos estás sempre linda que nem uma princesa.
Beijinhos de luz e muita paz na vida que ela sempre te sorria...

Maria José Rezende disse...

Olá amiga. Obrigada pela visita ao meu novo blog. Adoro ver a sua alegria. Dá pra sentir daqui do outro lado da telinha. Beijos.

✿ chica disse...

Lindo!As transfomações ocorrem, mas não podemos perder de vista a menina em nós. beijos,chica

Joop Zand disse...

WOW.....this is really wonderfull
my compliments Marcia.

Thanks for your comment.

Greetings, Joop

Berto Garcia disse...

Precioso blog y un regalo tu sonrisa saludos desde Canarias

Evanir disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Malu disse...

Grata pela visita. Adorei passar por aqui hoje e poder ler palavras cheias de PAZ e AMOR.
Abraços

Evanir disse...

Madrinha Querida.
Eu nunca vou esquecer de você e muito menos deixar de atender um pedido seu.
Te gosto muito amada embora eu tenha estado distante do seu blog.
Eu vou fazer o melhor para o novo amigo tenho que postar meu blog vou colocar ele em homenagem junto com alguém de Portugal.
Madrinha não vi meu link no seu blog vou colocar o seu .
Amada seus poemas estão lindos demais.
Notei o quanto você tem de sentimentos e capacidade para escrever.
Um beijo com meu eterno carinho.
Sua afilhada.
Evanir

Sandra disse...

Ola minha Princesa!!!
Tem alguém em comum de aniver hoje.
Venho lhe convidar para vir comigo neste cantinho ver quem está de aniver hoje.
http://sandrarandrade7.blogspot.com/
Uma pessoinha muito Especial mudando de anos.
Vou te esperar.
Carinhosamente,
Sandra

Seja bem vinda.

MARILENE disse...

A segurança dos caminhos escolhidos está sempre em questionamento. As transformações são inevitáveis e, a cada momento, encontramos novas interrogações. A menina não desaparece, está apenas guardada na memória. E tem voz própria.

Bjs.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Marcia! Passando para agradecer a tua visita e o teu amável comentário, assim como, apreciar este teu belo e profundo poema. Espero que voltes mais vezes, pois será sempre um prazer renovado. Eu, particularmente, aqui voltarei mais vezes, pois, além de teres um espaço interessante, tomei a liberdade de me fazer teu seguidor, isso até quando permitires, é claro.

Beijos e muita paz pra ti e para os teus.

Furtado.

Vera Lúcia disse...

Olá Márcia,

As transformações fazem parte de nossa trajetória. Nunca regredimos em nossos aprendizados. Se erramos o caminho temos a opção de voltar e recomeçar. A menina que existe em nós nunca desaparecerá, apenas ficará adormecida, caso descuidemos dela, mas sempre estará presente, se a deixarmos liberta.

Belo texto!

Beijos.

Vivian disse...

Bom dia,Marcia!!

Lindo poema!!!Estamos constantemente aprendendo e consequentemente mudando.Faz parte da vida, do que somos!E só nos acrescenta!Mesmo os erros nos ensinam algo!
Beijos pra ti!