domingo, 25 de setembro de 2011

Eu e o Pé de Jambo



Um dia meu filho(caçula) chegou em casa com uma fruta diferente que eu não conhecia,
e me disse para prova-la,era uma delicia,perguntei onde ele havia encontrado e o que era,
meu marido logo respondeu dizendo que a fruta se chamava jambo.
Meu filho me disse que havia encontrado no caminho para escola,em frente a casa do velho bravo...
era assim que ele chamava um senhor que passava as manhãs e as tardes vigiando o pé de jambo,
para as crianças não pegar.

Um dia passava  eu vindo da escola e vi o senhor  na grade de sua casa a vigiar o seu pé de jambo...
eu disse a ele:

-Lindos estes jambos,o senhor conhece a lenda do jambo?
ele respondeu:
-Não minha filha e qual é?
Então comecei a lhe contar:
Dizem que um português se apaixonou,por uma linda india,
pediu a seu pai para casar-se com ela,e o pai disse que dependia da india,
so que não havia nada que o moço  fizesse que a india gostasse ou por ele se encantasse,
ele lhe deu roupas ,joias, tudo que achava de grande valor e nem assim a india se rendia.
O moço português  fez uma viagem pelos mares e continentes e não deixava de pensar na india,por
onde ele passava tentava encontrar algo que a deixa-se feliz e apaixonada.
Ate que um dia ele encontrou uma arvore que tinha ao seus pés um tapete rosa,ele trouxe para a india
um pé de jambo e plantou em seu quintal.
Quando o jambo floresceu ele chamou a india para ver o tapete rosa e a india encantar,
mas , a india não se encantou.
O moço ficou triste e desanimado ate que um dia os frutos do pé de jambo apareceram e amadureceram
e ele mandou uns frutos para a india.

A india feliz da vida foi procurar o moço, e se encantou pelos corações de amor(o jambo)
que seu moço mandou.

O senhor  que ouvia atentamente o que eu lhe contava,com os olhos brilhando e marejados de lagrimas,
abriu o portão com uma vara na mão e me disse:
-Espere menina ,vou lhe dar um coração também!
E sorria....

Uns dias depois ao passar pelo local e não ver o senhor na grade de sua casa como era costume
perguntei a alguém que me disse que ele havia falecido.

Essa é a minha historia  com um pé de jambo.

12 comentários:

Sonhadora disse...

Minha querida

Como sempre um texto cheio de vida. adorei e deixo o meu beijinho com carinho.

Sonhadora

Zé Carlos disse...

A Natureza sempre nos trás coisas lindas......

Bjs do ZC

Don Juan disse...

Marcia, suponho que esta historia seja uma " lenda " e sendo assim , eu a acho muito linda . A natureza tem destas coisas...

Como sempre teria de haver um português...srsrsr

Há , gostei de ver tanta água do teu mar....

Bjs

Cristal de uma mulher disse...

Linda arvore e em história fica melhor ainda

Beijinhos amiga e tenha uma semana de muita paz

Artes e escritas disse...

As lendas existem para que se contem delas, amei ler. Um abraço, Yayá.

Daniel Costa disse...

Marcinha

Naturalmente uma lenda.As lendas são história sempre bonitas e eu encantei-me. Gosto do género e contaste bem.
Beijos querida amiga

Graça Pereira disse...

O amor faz sempre milagres!!!
Linda esta lenda que eu não conhecia.
Bjs
Graça

ValeriaC disse...

E que história mais linda minha querida...fiquei emocionada em ler...
Doce semana...beijos
Valéria

Vivian disse...

Olá,Marcia!

Que linda e comovente história!!!
beijos pra ti!!

Zé Carlos disse...

Eu não conhecia um Jambeiro de perto!!!! Linda árvore + o colorido......

Bjs do ZC

R. R. Barcellos disse...

Que prazer voltar a navegar nas águas de teu mar tranquilo! E isso aí que você contou, acho que não é lenda... acontece todos os dias com outras pessoas, em outros lugares, com outras árvores... não é?
Beijo.

Eloah disse...

Teu pé de Jambo expressa o amor que tens pela natureza.Teu texto poético veio exaltar a beleza da primavera e a lenda que envolve o jambo.Depois a árvore é linda.Lindo post.Adorei a história.Tenha uma semana abençoada e feliz.Bjs Eloah