quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Aos queridos amigos

Meu queridos,
há dois dias atras,acordei com uma forte dor no pescoço,
mais precisamente do lado esquerdo,eu e meu marido chegamos a achar que 
eu dormi de mau jeito,mas no decorrer do dia a dor foi aumentando e se espalhando
atingindo o ombro,braço e dedos das mãos,uma dor muito forte


como se estivessem tentando arrancar meu braço,ele comprou meu remedio de fibromialgia,
torcemos para que passasse logo,mas não foi o que aconteceu
no dia seguinte eu ja não estava saindo da cama sem ajuda,andar pela casa estava dificil
eu parecia um robô,não conseguia comer diante de tanta dor,
na manhã de ontem eu ja não conseguia por os pés no chão sem sentir 
como se a coluna não sustenta-se o corpo,
mas ,com um acréscimo de outra medicação hoje  estou melhor,
ja fiz meu serviços domésticos ,e consegui digitar para vos esclarecer da minha ausência.
Ainda sinto dores,mas não são fortes,
me sinto muito cansada,
mas,posso dizer que em relação aos outros dias estou bem.
Durante muito tempo em minha vida eu fui uma rocha,
mas,com o tempo fui ficando frágil,´para certas coisas.
E é uma pena que as pessoas so dão conta de que estamos saturadas
quando ja não podemos reagir,,,
Tenho guerreado pela paz nos meus dias,mas isso não depende so de mim.
não estou no meu melhor momento,mas ,ainda tenho em mim
um coração com fé e amor.


Marcia Morais

Deixo aqui um poema que fiz 
dentro da foto, que meu amigo Zé Carlos,
clareou para como ele mesmo diz
eu pudesse poetar dentro dela,obrigada querido,


"As vezes,para não entristecer as pessoas,nos calamos,e
abrimos um grande sorriso,mas ,somente nos sabemos
o tamanho da nossa dor""
Marcia Morais

Beijos a todos!
Volto logo!!

10 comentários:

Terê. disse...

bom dia moça, então a coluna tem me feito sofrer muito, mais creia vc vai ficar bem, o poema é lindo, amei. tem homenagem no blog vai lá, bju tere.

R. R. Barcellos disse...

Te cuida, menina... presta atenção nos avisos do corpo, que são as dores, para poderes desfrutar das alegrias da alma, que são os sonhos. Lindo o poema.
Beijos suaves.

Evanir disse...

De todas as flores que colhemos nos campos,
a Amizade é o único sentimento que os ventos podem soprar,
mas, suas pétalas jamais cairão.
Estou com uma infinita saudades.
A partir do dia 25 estarei voltando se Deus quiser.
Farei o possivel para ir fazendo visitas visitas a noite.
Beijos com infinitas saudades.
Evanir
Madrinha sinto muito por você ,
pois eu sinto a mesma dor então poço dizer sei tudo que passa minha amada.

✿ chica disse...

Linda poesia e te cuida!Fica bem!beijos,chica

Edna Lima disse...

Ficar sem poder agir é ruim .
Mas também é um sinal de que o corpo pede descanso.
Te cuida.Bjs. Edna.

Eloah disse...

Querida te cuida! Não se faça de mais forte do que és.Estás a exigir cuidados.Aproveite um chamego da família.Só retorne aos serviços caseiros quando estiveres bem melhor.
Fique bem e que a dor te abandone rapidamente.Bjs Eloah

Isabele disse...

Como assim eu sua nora nem sabia disso!? Assim não pode ficar!!! te devo uma visita né sogra!? Vou aparece no domingo agora nem tenho mas folga! :(
Melhoras meu amor, realmente esse ano não foi bom para ninguém tomara que acabe logo!!
Melhoras, melhoras como sempre te falo quero vê aquela mulher guerreira que conheci e que meus filhos vão ter o prazer de ter como vó!!
Beijooos, te amo!

Zélia Cunha disse...

OI Márcia,
Te cuida, pois eu também tenho um problema na coluna e é degenerativo, já fiquei um mês paralisada e dependente de todos, é muito triste, mas não podemos deixar nos abater. Desejo melhoras para você , mas tenha cuidado,fique bem, amiga.
Beijos

marlene disse...

mARCINHA MINHA DOCE MENINA
LINDO SEU POEMA MAS COMO NEM TUDO PODE SER PERFEITO EM NOSSAS VIDAS SEMPRE EXISTEM OS CONTRATEMPOS
ESPERO QUE ESTA NUVEM PASSE RAPIDO
E QUE TUDO FIQUE BEM COM VOCE QUEREMOS VE-LA ALEGRE E FELIZ,,
BJS MARLENE

Sonhadora disse...

Minha querida

Espero que continues melhorar...e cuida de ti que só temos um corpo.

Deixo um beijinho com carinho e desejo um bom fim de semana.

Sonhadora