terça-feira, 8 de maio de 2012

Flor de Outono


Morreu  a ultima  flor do Outono,
todas as folhas  secas ja caíram
a relva agora molhada
se forra de pequenas gotas cristalizadas.

Logo chegará o inverno,logo tudo mudará
não seremos mais os mesmos,
sentiremos a fria brisa nos tocar
sentiremos saudades do sol,do mar.

Então nos aconchegaremos
 em cobertas e casacos
estaremos mais quietos,calados e nem assim
 ouviremos os sons dos pássaros.

Estaremos sensíveis,estaremos em busca
do algo que nos aqueça a alma e o coração.
Como a velha  lareira que o corpo aquece 
e deixa uma atmosfera diferente dentro e fora do coração.
Marcia Morais.

7 comentários:

Eneida Freire disse...

Que lindo!!!
Adorei!!!
Beijo!

Terê. disse...

Bem sei, que custo a vir, mas quando venho aqui é sempre para aprender, e apredo, bjus tere.

**♥✿Franciete-✿♥** disse...

Minha querida pode ter morrido a última flor do Outono, mas a flor que eu visito está sempre linda, leve e fresca e solta é um prazer sempre que aqui venho e vejo este sorriso lindo. Se venho de manhã fico feliz o dia inteiro, se venho à noite durmo com a luz do teu sorriso, sejas sempre esse ser iluminado que DEUS nos deu de presente.
Beijinhos de luz para que sejas sempre esse ser iluminado, por Deus e abençoada pela Natureza...

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Existe um fim para tudo!

A cada flor que morrer duas se erguerão...

...numa próxima estação,
uma nova era,
não no verão,
sim na primavera!

Bjs Marcia.

R. R. Barcellos disse...

Outono. Destino ou sorte,
Completa seu ciclo a flor;
Fruto ou vaso, vida ou morte,
Sempre é símbolo do amor.

Beijo, poetisa.

ValeriaC disse...

Lindo, lindo Marcinha...
Desde já te desejo um feliz dia das mães minha querida, beijinhos
Valéria

Elisa T. Campos disse...

Que lindo Marcia.
Ao chegar o inverno o aconchego da alma e coração. Encantei-me com o poema.
Bjs