segunda-feira, 11 de junho de 2012

O Amor me Tocou


Vivia em um mundo triste e miserável
onde a dor era minha unica companheira,
e o desengano minha maior tristeza.
Vivia a perambular pelas noites frias
e a me esconder em nevoeiros de medo.
Até que um dia o Amor me tocou,
me pediu um sorriso sincero,
trocou minhas vestes de dor por alegria,
fez nova vida em minha vida
e nunca mais me deixou.
Chorei por dias inteiros,
por meses e anos fugi com medo
ate que um dia me entreguei.
Fui Sol,fui Mar,
e me tornei em eterno luar,
que em noite belas canta o amor
que vem para minha janela
aliviar toda minha dor.
Amei,amo e assim vou,seguindo
e me alegrando sendo mais feliz,
desde o dia que o amor me tocou.
Marcia Morais.

image

8 comentários:

R. R. Barcellos disse...

A canção, no papel, é letra morta. Para que reviva há que cantá-la. Assim é o amor. Toneladas de poemas de nada valem, se não tocam um coração... como tocou-me o teu.
Beijos, Marcia.

manuel marques disse...

Amor Lindo.

Beijo meu.

Vivian disse...

Olá,Marcinha!!!

Ah!E que bom quando isso acontece!!!!
Lindo,querida!!
Beijos pra ti!
Ótima semana!

ValeriaC disse...

Bendito seja este amor...belo poema amiga, boa semana, beijos,
Valéria

VILMA PIVA disse...

Olá Marcia, querida, o amor é o guia do teu coração! Linda poesia!!! Feliz dia dos namorados e feliz semana!
Beijos!!

Ira Buscacio disse...

Oi, Marcinha querida, o amor tem esse mistério msm, qnd ele nos alcança até a tristeza consegue ser mais feliz.
bj imenso

Debby disse...

OI Marcinha

Lindo o texto, e lendo ao som de Caetano com essa música..
Ficou muito, muitolindo

Bjs
Debby :)

Joop Zand disse...

Your work is so WONDERFULL Marcia.

Kiss, Joop