domingo, 24 de junho de 2012

O que eu quero é tão pouco...


Deixa-me ficar contigo mais um pouco
pois ,este pouco hoje é tudo o que me resta.
Deixa-me aconchegar em teus braços,
descansar nos teus abraços,pois,
o amanhã eu ja não sei...
estou cansado e o tempo passa  rapido
e eu tenho pouco tempo para amar,
pouco tempo para sentir o teu cheiro
e reconhecer todos os caminhos
por onde tens passado.
Não se afaste de mim
não dificulte o meu amar
apenas sinta,
apenas deixe-me contigo ficar,
quero olhar os teus olhos de mel
deslumbrar-me com teu sorriso céu
e me enrolar nos teus cachos molhados.
Quero tão pouco,pois é tão pouco
o que eu quero te dá....
é amor menina é só amor 
pode acreditar.

Marcia Morais.

6 comentários:

Sonhadora disse...

Minha querida

Por vezes o pouco é muito para quem ama...lindo como sempre.

Beijinho com carinho
Sonhadora

Glória disse...

Ahhh... com um pedido deste, Marcinha, quem pode resistir?
Beijos

ValeriaC disse...

Super lindo amiga...até um pouco de amor é muito em nossas vidas...
Boa semana, beijos,
Valéria

R. R. Barcellos disse...

Convite irrecusável
Súplica doce e completa
De uma rima órfã e amável
Em busca de um poeta
Que lhe dê trova dileta
Ou sete-sete repleta
De carinho inefável.

Beijos.

Eloah disse...

Querida, este tão pouco pode ser infinitamente bem maior do que imaginas.É um sentimento pleno, e uma entrega de alma.
Lindo e sensível poema.Amei.
Tenhas uma ótima semana.Bjs Eloah

Ira Buscacio disse...

Qualquer forma de amor vale a pena, já diz a canção...
Bj imenso, Marcinha querida