sexta-feira, 22 de junho de 2012

O que é o amor para mim?


O amor é a força que em mim se move,
mas,também é a intemperança que em mim  transcende,
cheia de erros ,das inconstâncias dos terríveis medos.
O amor me faz mar em todo o meu ser,
marés saem de mim de formas alternadas
trazendo conflito a minha pobre alma.
O amor é força vital em mim
é o sangue que bombeia o meu coração
e a razão pelo qual existo.
O amor me faz noite de luar
serenata carente do cantar,
 transforma-me  em  sorriso explendido
me faz forte vento.
O amor é certeza dos meus dias incertos,
e a clareza do meu escuro ser,
é o meu pior medo
e o meu maior prazer.
O amor é a tristeza de uma partida
contida na esperança de uma chegada.
O amor é a minha idolatria escancarada
as vezes meu tudo
outras  vezes o meu nada.
O amor em fim é a minha cura
minha loucura é também
 a minha unica morada.
Marcia Morais.

Marcia Morais.

4 comentários:

Patrícia Pinna disse...

Boa noite, Marcia. Como você cantou o amor de uma forma sublime e sem igual.
Adoro a tua escrita e de fato, o amor é completo em si, é felicidade com alguns requintes de tristeza!
Sem ele, não somos absolutamente nada!
Amo a tua poesia!
Um beijo na alma, e fique na paz!

Glória disse...

Ah Marcinha... Você é uma pessoa adorável e deliciosamente romântica!
O amor também é tudo pra mim!
Acho, até, que Ele poderia confiar mais em mim.
Afinal, eu já o conheço há tanto tempo.

Beijos

R. R. Barcellos disse...

Disseste-o bem. Amar é saber converter a tristeza da partida e a saudade da ausência na esperança do reencontro.

Beijos.

Toninhobira disse...

Lindo este amor que lhe faz feliz e edificou sua morada em seu coração.Linda e inspirada Marcia.
Um carinhoso abraço de paz e luz.
Um belo domingo pra voce.
Beijos.