domingo, 10 de agosto de 2014

Esperança


Há em mim todas as esperanças.
por não desistir persisto,
e mantenho  lucido o meu querer,
percebendo que nem tudo é possível .
Não desfaleço a espera de promessas,
vivo aos poucos...a espera de algo novo
que desperte em mim algo que está adormecido,
algo que sinto falta de viver de novo.

Marcia M.

3 comentários:

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Sentimentos que nos varrem numa brisa de querer dar-se numa comunhão de corpo inteiro.

✿ chica disse...

A esperança não pode faltar! Lindo! bjs, tudo de bom,chica

Fábio Murilo disse...

Bom é ter essa fé, estar de bem com a vida. Não se desesperar, apenas esperar, crê. Confiar que tudo vai dar certo com toda confiança do mundo. Você escreve, Márcia, legal! Muito bom mesmo.