domingo, 15 de abril de 2012

Deixei a vida me moldar


Deixei a vida me moldar,
parei de com ela lutar,
aceitei o fato de que eu precisava aprender,
para crescer e entender tudo de fato.
Não foi fácil e nunca será,ainda estou mudando
me adaptando com meu novo pensar.
Estou crescendo,reaprendendo a todo momento,
mas ,há de se ter humildade para aprender.
Todos os dias ao despertar deixo a vida me moldar,
e dizer aos sussurros os rumos do meu andar.
Não tenho mais medo continuar,
deixo de lado as atitudes antigas,os aprendizados
que não me ajudaram.
Sou capaz de ir além,se eu puder entender
que não há resposta para tudo,
e posso me perder no mundo,
tentando me encontrar.
Somente  quero o que a vida quer me dar,
o que ela pra mim separou
em um pano de cetim enfeitado
com sorrisos e abraços
para me sustentar.
Deixei a vida me moldar 
na fornalha das incompreensões,
na moldagem das mãos fortes
que me imputaram a tristeza,
e no fim de tudo encontrei beleza
na criação que me tornei
Marcia Morais


9 comentários:

Maria Teresa Fheliz Benedito disse...

Bom dia Márcia!
Profunda reflexão...linda semana...beijinhos no coração

Anne Lieri disse...

Marcinha, tem razão: um dos segredos da paz é não lutar contra a maré,pois Deus sempre sabe o que precisamos!Linda poesia e obrigada por me deixar postar sua poesia no meu cantinho!Bjs,

Livinha disse...

Marcinha,

Profudo o teu pensar e tão verdadeiro minha amiga, como ouvir dizer na constante de nossas andanças, ou vai ou racha, ou aprende ou da escola não passas.
A vida nos ensina, professores e aprendizes, na troca recíproca junto aqueles que comungamos o dia-a-dia e que estamos todos atolados até o pescoço no cumprometimento...

Paz na tua vida menina
é o meu desejo e que seja nosso
nesta ardua caminhada...

Bjinhus e feliz semana...

Livinha

Ah, adorei a canção da Ennia...

mais beijinhus

R. R. Barcellos disse...

A vida, pelo que posso julgar,
Tem bom gosto no moldar
Lindas criaturas
Como sabiás
E poetisas...

Beijos.

ValeriaC disse...

Que lindeza de poema e aprendizado minha querida...fluir com a vida...
Boa semana, beijos,
Valéria

**♥✿Franciete-✿♥** disse...

Marcinha este blogue tem o perfume das flores, e a flor mais linda está no meio das cor-de-rosa, tem a musicalidade dos anjos que bom é entrar aqui para sair é que custa.
Quisera eu poder leva-lo comigo, já alguém lhe disse que você é como o nosso vinho do Porto, não então eu digo, beijinhos de luz e muita paz na sua vida ela merece...

Machado de Carlos disse...

Estrela

Ônix, tu vens livre ao vento...
Tenho tuas letras de açoites,
Somos únicos no tempo,
Tudo de ti; - belas noites!...
Sinto teu olhar docemente
Na face serenamente...
Teu corpo nu; - queima em mim...
Oh! Deus, - enorme doçura!
Embalo na tua ternura
No mesmo sonho sem fim!...

Machado de Carlos

Toninhobira disse...

A vida as vezes nos leva a este moldar-se e cabe estar atento para sempre para nos lapidarmos em cada mivimento desta.Otima reflexão amiga.
Um abração.
Bjo.

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Oi Marcia
belissímas palavras, todos temos de ter humildade para aprender, ouvir, aceitar.
A vida é um constante aprendizado, ninguém nasce a saber tudo e ninguém morre a tudo saber.
Bjs