quarta-feira, 25 de abril de 2012

Delicadezas


Pouso o meu olhar em pequenas caricias
e por elas me deixo enfeitar,
não busco os demasiados atos,
são as gentilezas que me levam a sonhar.

Tomo pra mim a brisa leve 
aquela que move os cabelos com delicadeza,
conduzindo-me aos mais belas cores
de um outono que me favorece .

Ensaio um sorriso,meio tímido
mas,sincero agradecendo a vida
todo o bem que ela me faz,
ensinando me o caminho de encontro a paz.

Quantas vezes chorei,quantas vezes a dor escondi,
hoje eu sigo o meu destino
encontro o auxilio e abrigo
nas delicadezas que em ti  encontrei.

"Em cada delicadeza se oferta a flor da gentileza,
gerando o fruto de um bem querer."
Marcia Morais

9 comentários:

Eloah disse...

Marcinha minha querida, teu poema tem a delicadeza que jorra da tua alma.É isto que te faz uma poetiza sutil e esplendorosa.
Continue a nos encantar.Bjs Eloah

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Maravilhoso e encantador feito palavras de um outono mergulhadas em chuva de primavera...rsrrss
Parabéns Marcia!
bjs

Ju disse...

Simplesmente lindo!!!
Adorei seu poema...
Belas Palavras...
Bjus.

**♥✿Franciete-✿♥** disse...

É meu amor é dando que se recebe, e nunca são as pessoas a quem a gente dá que devolvem, a nossa recompensa vem sempre de onde a gente não espera.
Por isso se diz faz bem não olhes a quem, nada é como começa, porque o meu começo foi muito mau, mas Deus na sua infinita bondade, me está a dar não riquezas mas o suficiente para ter todos os dias e fez de mim uma pequena rainha.
Eu quero ser o ser e não o ter, beijinhos de luz e muita paz...

Anne Lieri disse...

mARCINHA,poesia muito linda e são nas delicadezas dos gestos que conhecemos as pessoas!bjs e meu carinho!

R. R. Barcellos disse...

Mais um belo poema, Marcinha. Profundo e ao mesmo tempo delicado. Parabéns.
PS: meu novo email é "r46barcellos@hotmail.com".
Beijo.

Eneida Freire disse...

Que lindo!!!
Gostei daqui e já estou seguindo!
Beijo!

http://tengacreencia.blogspot.com

Sandra Botelho disse...

Que lindo! Um texto maravilhoso. Estou de volta ao mundo dos blogs, espero você no Meu Aconchego. Bjos achocolatados

Ira Buscacio disse...

Marcinha, minha linda! A gentileza abre as portas do amor, não é mesmo?
Poema suave, como o perfume da rosa, bj imenso